Até nunca.

Só tenho saudades de uma coisa daquela escola: a máquina dos chocolates.

De resto, as aulas podiam perfeitamente começar daqui a um quadrilião de anos.

tags: , ,
publicado por inês às 15:06 | link do post | comentar